Vai mudar de imóvel? Confira algumas dicas importantes para evitar dor de cabeça

Mudar de imóvel pode ser um desafio quando falta programação. A pressa acaba sendo a maior inimiga da sua organização, fazendo com que os seus itens sejam muito mais difíceis de serem localizados ou até se percam na mudança.

Por isso, antes de mudar de imóvel, é fundamental seguir alguns passos para evitar problemas e fazer as coisas com antecedência. Afinal, planejar-se te possibilita não esquecer de nada e, muito menos, ter dor de cabeça com imprevistos.

Sabendo disso, veja a seguir algumas dicas do que fazer para preparar a mudança.

1. Verifique o que vai levar para a nova casa

Nem sempre um item que está presente na sua residência atual pode se adaptar na sua nova morada. Até porque, pode depender do espaço e da utilidade do objeto. Caso você não note nenhuma utilidade em algum, o interessante é doar, vender ou, em alguns casos, até jogar fora.

Por isso, meça as dimensões para saber se elas são compatíveis com sua nova casa e com o transporte. Uma vez que esse objeto pode não se encaixar no ambiente ou, ainda, exigir um automóvel maior ou mais robusto parao transporte.

Além disso, se algo não é mais útil para você, pode ser para outra pessoa. Desse modo, desfaça-se do que não for mais do seu interesse e dê um bom destino a cada objeto.

2. Planeje as suas compras para não lotar a geladeira

É recorrente, quando não há esse planejamento, que muitos alimentos estraguem por ficarem tempo demais fora da geladeira. A dica, nesse sentido, é que você organize as suas compras de supermercado para que, no dia da mudança de casa, não fiquem sobras.

Além disso, planeje o seu cardápio das semanas anteriores à mudança. Assim, as suas compras serão mais eficientes, evitando desperdícios.

3. Informe que irá mudar de imóvel

Esquecer-se de informar o seu novo endereço pode complicar bastante a sua vida. Imagine uma correspondência importante chegando no endereço antigo e você acabar perdendo uma grande oportunidade ou compromisso. Isso é algo que pode te prejudicar bastante.

Então, para que esse tipo de situação não aconteça, comunique o seu novo endereço para receber as suas correspondências corretamente.

Solicite também, com antecedência, o desligamento e transferência de serviços como a TV a cabo, o telefone e a internet. Afinal, essa transferência pode demorar entre uma a duas semanas.

Caso more em um prédio, informe ao porteiro e ao síndico sobre o dia da sua mudança. Isso também evita possíveis problemas de deslocamento, principalmente quando os profissionais forem buscar ou entregar a sua mudança.

4. Organize um cômodo por vez e categorize as caixas

Um problema comum na organização é guardar nas mesmas caixas os objetos de cômodos diferentes. Isso gera muito retrabalho na hora de desembalar, pois dificulta a localização dos itens.

Portanto, experimente guardar os objetos em caixas, segmentando-os por cômodos.Inclusive, é bastante útil etiquetar essas caixas com o nome dos objetos que estão nela. Assim, será muito mais rápido desembalar e arrumar esses itens na nova morada.

5. Faça uma mala de mão

Durante uma mudança, é possível que a transportadora se atrase, entre outros contratempos de última hora. Por isso, uma mala de mão pode lhe auxiliar.

Faça um kit de emergência para levar consigo. Você pode precisar de umas roupas, medicamentos, etc.

O mesmo também serve para os seus itens valiosos. Pois, levá-los à mão ou no seu carro, te trará mais confiança e tranquilidade na hora de mudar de imóvel.

Faça as coisas com calma!

Agora que você conheceu algumas dicas de como mudar de imóvel com organização, esperamos que você consiga fazer a sua mudança com tranquilidade. Evite a correria e se programe! Depois que a mudança for executada, se você tiver filhos, confira as nossas 8 dicas para tornar um imóvel seguro para crianças.

Deixe uma resposta